terça-feira, 7 de agosto de 2012

Saga Crepúsculo - Stephenie Meyer

Bom dia galera, estou aqui, ando meio sumido, mas estou aqui. O post de hoje pode ser meio polêmico e dividir opiniões, e espero que comentem o que acham.
Estou falando da saga Crepúsculo, que vai chegar ao fim nos cinemas neste ano, uma série que possui muitos fãs mas que também arrasta antipatia de milhares.



Fico me perguntando qual o segredo de tanto sucesso de Crepúsculo. Vampiros, lobisomens,  uma donzela indefesa, muito romance (ecaaa que chega a enjoar),  e um pouco de ação, bem pouco, mas o pouco que valeu a pena.

O que a WIKIPEDIA diz sobre Crepúsculo:

Twilight (Crepúsculo, em português) é uma série de histórias de fantasia e romance sobre vampiros escrita por Stephenie Meyer. A saga conta a história de Isabella Swan (Bella), uma adolescente que se muda de Phoenix para Forks, em Washington, experimentando um mundo totalmente novo para si ao apaixonar-se por Edward Cullen, um vampiro.

O que a EU digo sobre Crepúsculo:

Não nego, tenho os 4 livros da série e tenho os filmes também. Li o primeiro livro nem querendo ler o segundo, mas como não gosto de começar uma série e não terminar, li o restante. Não me arrependi, nem tão pouco achei maravilhoso. O que realmente acontece, é sempre a mesma coisa, o filme estragando o livro. Mas nesse caso teve pontos e pontos. Stephenie criou uma história massante e que já vinha de muito tempo sendo escrita, o que acontece é que ela estava no lugar certo e no momento certo. Juntou lendas e jogou muita melação em cima, e deu no que deu. Estourou.
Como sou sempre realista com as coisas, não me prendo tanto na escrita ou na narração, mas tento enxergar o que o livro quer passar, sua essência, só assim pra você entender onde Stephenie quis chegar. 
Falando dos livros, digo com toda certeza que pulei 30% (confesso, acho que foi 40%) de cada livro, pulo mesmo, já disse em várias resenhas que odeio enrolação e melação abusiva. Pulo com gosto, vejo aquelas páginas e páginas desperdiçadas com conteúdo improdutivo e inútil, por fim clichê. Chega ter horas que da vontade de deixar o livro e sair correndo gritando: Meu Deus Meu Deus, vou ter uma diabetes com tanto melado... Insulina cadê você?? Mas será que isso fez o sucesso da série? Pra mim não. O que me fez ler até o fim, foi o pouco de ação que teve e tirando a insulina que tive que tomar, o livro é válido. A trama é legal e o triângulo amoroso é bom, a não ser porque a Bella é uma safada. Não é? Acho que no fundo ela queria os dois. Quem concorda? Digo mesmo, ela é uma Safadenhaaaaa... kkk. E tem também muitos bons personagens, como Alice, o Sr. Cullen, entre outros.



Agora sobre o filme. Que merda hein? Tirando pelas cenas de ação, não sei como gostar Kristen e Robert, casal minguado e sem sal. Não tinha emoção na atuação, Kristen com aquela cara de morta-viva sempre, um salve pra ela no último filme, acho que ela fez um curso de teatro só pode. Robert ainda é melhor que ela, em partes também. Realmente eles estragaram o filme, o único que salvou o trio foi o lobinho gostosão e que fez as meninas suspirarem quando ele tirou a camisa. Mas fora isso, o filme foi um desastre.
Falando sério, que me#$%¨da é essa que o Jacob tem um ''In Print'' pela filha da Bella. Nossa, isso matou a história. Mas enfim, se pudesse dar uma nota, pois é bem difícil, daria 5 para o filme e 6,5 para o livro. 

No fim das contas, não é uma história desprezível, se realmente quiser investir seu tempo nisso, mas tem muitos bons livros disponíveis com uma história mais interessante e emocionante. Agora se você gosta de romance e melação, é um bom livro, só não esqueça da insulina depois....

Desculpa gente se alguém se sentiu ofendido, mas tinha que escrever isso.... 

Crepúsculo vs. Vampire Diaries



Como sabem, (ou não), existe uma grande rincha entre Stephenie Meyer e L. J. Smith, autora da série Diários do Vampiro, que rendeu, ou ainda rende não sei ao certo, muitos processos sobre Stephenie por plágio descarado. No meio dessa história toda ainda tem True Blood (isso é assunto pra outro tópico). Realmente acho que muito do que L. J. Smith escreveu foi copiado, mas não podemos generalizar. Como não comparar histórias sobre um mesmo tema? Acontece. 
Helena tem muito mais personalidade, fora que a triz é impecável. Stefan e Damon deixam Jacob e Edward para trás quilômetros. Fora Bonnie, a bruxa (gosto muito de bruxas) e Tyler, o Lobisomem. É uma série realmente completa e dinâmica.
Pra não polemizar, acabo dizendo que Crepúsculo foi feito para adolescentes, enquanto Vampire Diaries é mais encorpado, com personagens marcantes e tudo não gira somente em torno de uma personagem, tem histórias a parte que valem a pena. Sou suspeito, pois sou viciado em The Vampire Diaries, e essa semana vai ter resenha do primeiro livro pra vocês. Pelo menos a série é impecável, já o livro nem tanto. Então gente, cada um com seus problemas, e com seu gosto. Muitos vão descordar de mim dizendo que Vampire Diaries não presta. Mas é assim não? Discutir é o legal...

Se quiserem saber mais sobre a série Vampire Diaries, clique aqui.

Não se esqueçam de participar da promoção Encha sua Estante.. São 20 pontos por dia.


Grande abraço ao meus leitores, e uma ótima semana.


Reações:

22 comentários:

  1. Não amo Crepúsculo, mas também não odeio, mas nem se compara com Vampire Diaries hahaha

    ResponderExcluir
  2. Li a saga (e que saga foi a minha leitura), porém só consegui ver os dois primeiros filmes.
    É um romance meladinho para pré-adolescentes, meninas, não ouse indicar para os meninos...
    O que mais gostei no seu post, foi a sinceridade em dizer que pula as páginas que são encheção de linguiça, pensei que eu fosse a única.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb gostei disso. Eu faço a mesma coisa. Perdi a conta de quantas vezes fiz isso lendo "A Batalha do Apocalipse". rsrsrs

      Excluir
  3. Olá Guilherme

    Eu não conheço a série Vampire Diaries, então nada posso dizer a respeito.
    Li a saga crepúsculo e gostei, mesmo com toda a melação que também me dá nos nervos e concordo que ele tenha sido escrito para adolescentes, mas acho que todo livro tem um momento certo na vida para ser lido. Quando acertamos o momento, gostamos e até adoramos/amamos a leitura, quando erramos o momento: o desastre...
    Como eu disse; eu gostei da saga crepúsculo e até mesmo dos filmes que deixaram a desejar (ou não, uma vez que o livro também deixa a desejar). Não considero minha melhor leitura, pois está longe disso, considerando todos os ótimos livros que já passaram por minhas mãos e olhos, mas respeito o gosto alheio e me revolto sempre que leio uma crítica destrutiva a respeito da saga, ou deveria dizer; a respeito de seus leitores.
    Não estou dizendo aqui que sua crítica foi destrutiva. Você expressou a sua opinião muito bem. Eu me refiro a diversas críticas que leio referente ao gosto literário nas redes sociais...pessoas que se consideram "cultas" e de tão "cultas" que são, esquecem sua cultura (que nesse caso, significa "instruídos") e abusam de críticas que nada contribuem...
    Bom, acho que estou fugindo do assunto desabafando minha revolta e tal (rsrs), mas é que ultimamente tenho visto tanto isso que não segurei os dedos aqui no teclado.
    Eu gostei deste post e a forma como você expôs sua opinião e realmente, isso é assunto que rende um bocado.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por sua participação, gostei muito do seu comentário, realmente é polêmico o assunto... Entendo sua revolta, mas é aquilo que falei, não é totalmente desprezível. Realmente odeio quem só fala mal das coisas e nem analisam a totalidade da obra. Qualquer obra tem algum ponto positivo, senão por que publicariam? Obrigado por vir aqui e volte sempre, será bem-vinda.. beijos

      Excluir
  4. Crepúsculo e suas continuações são muito ruins. A narrativa é fraca, os personagens são fracos, a protagonista é uma sonsa que em momento algum justifica porque raio tantos homens iriam se apaixonar subitamente por ela e os mocinhos Edward e Jacob são duas ofensas ambulantes para quem curte mitologia vampírica. Falta tempero no livro. Enfim, só li porque queria ver até onde aquele troço ia, mas não recomendo para ninguém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ´`éé Fui mais ou menos nesse pensamento... Mas como disse, nem toda obra é totalmente ruim, senão não seria nem publicada neh... obrigado e volte sempre, beijos

      Excluir
  5. Adorei seu post, Guilherme!
    Eu já li todos os livros da série Crepúsculo, e apesar de achar um tanto quanto melosos (e achar que a autora viajou geral no último livro, com aquela parada da gravidez, do imprinting, das habilidades da Bella vampira e da "última batalha"...), eu até gostei! Pelo menos a narrativa da Stephenie é boa, prende a atenção... já os filmes são uma piada, né? Que raios de atuação é a da Kristen e do Robert? o.O Pra mim, só salva o Taylor Lautner, que pelo menos se esforçou pra incorporar o personagem...
    Já quanto à questão de Vampire Diaries, é uma coisa meio complicada... afinal, ambas as séries são meio "viajantes"! rsrsrs. A série de TV é ótima, e os atores são muito talentosos, mas os livros (apesar de eu até ter gostado) deixam bastante a desejar...
    Bjus!!
    Paty Algayer - http://www.magicaliteraria.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente a série é bem melhor que o livro. Mas ainda assim o livro deixando a desejar, é melhor que Crepúsculo ;D. Obrigado paty, beijos

      Excluir
  6. Bom, deixo aqui a minha opnião que já fui julgado por defende-la muitas vezes: a saga Crepúsculo é melosa na maioria da leitura dos livros, mas q era fissurado na epoca em q estorou deve se lembrar que Meyer nunca "havia lido um livro sobre vampiro" e creio que não o tornou a história violenta pela sua religião q chega a quase ser evangelica.
    A atuação de Kristen e Robert foram uma merda no filme, isso eu concordo, mas admito q a atuação de Kristen em Branca de Neve ultrapassa as atuações de Nina Dobrev.
    Nina não é tão diferente de Kristen. Suas expressões são muito parecidas ondre chega ao ponto q não dá para saber se ela está magoada, entediada, cansada ou triste. Mas confesso q prefiro a Elena da serie do que do ivro.
    A escrita dos livros do diarios do vampiro são uma droga e deixa muito a desejar. Parece mais um script de um filme do que um livro, mas amo le-los. Só odiei a partir do 5 livro que creio q Smith não tinha mais o q escreve e inventou qualquer porcaria. Achei mais sensato ter ficado só até o 4 livro, mas como o seriado anda fazendo sucesso (eu amo assisti-lo :)), ela tevce q escrever novos livros. A Elena do livro é uma completa patricinha fresca e q acha q tudo gira em torno dela e eu particular-me odeio pessoas desse genero e costumo manter distancia. Na creio que Meyer plagiou Smith, pois Bella é totalmente sem sal e solitária enquanto que Elena é determinada e cercada por "amigos ". Não me julguem por dá a minha opnião, mas livro tem seus fãs e muitos não gostam q falem mal, mas o q a critica é além de tornar as sagas mais famosas do q são? Bjs!!! :D

    ResponderExcluir
  7. adorei o livro crepúsculo ,estou lendo-o voce fez um belo trabalho step espero q a proxima saga venha com muito romance,ação e varias outras coisas.beijo

    ResponderExcluir
  8. Acho a saga meio melosa, mas tende ao público teen que estão muito animados.
    Já o filme... que caca, consegui ver somente dois.

    ResponderExcluir
  9. Volto semana que vem com tudo para te responder nesse tópico. Deixa as provas terminarem.

    http://missaustenofficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. ADOREI o post.. rachei de rir!!!Já li as duas séries, prefiro a TVD porque tem mais ação, mas a saga Crepúsculo é mais detalhada (ta certo, tirando o romance, sobra pouca coisa - eu achei que naquela batalha final ia ter a maior ação EVER e me decepcionei!) Sobre o "in print" do Jacob, eu também achei o "OH",seria melhor ele terminar sozinho, enfim...acho que a autora achou que a filha da Bela pudesse ser uma boa "recompensa" pra ele!! Outro dia eu li que a série TVD foi escrita em 1991 (por aí, não me lembro bem ao certo) e L.J Smith acusa a Stephenie de "chupar" os ingredientes da estória dela... Vai saber quem é que copiou quem!Só sei que essa coisa de vampiro bonzinho e apaixonado e garota adolescente e sem sal, deu espaço para muito personagem sobrenatural que está invadindo as livrarias por aí: anjos caídos, imortais, lobisomens... Mas eu me divirto lendo essas coisas!
    bjs,
    @pacupe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tUDO BEM, FAZ PARTE. ADOREI SEU COMENTÁRIO E SUA OPINIÃO. Na verdade Sthepanie deu início a uma incrível saga de leitores viciados em sobrenatural e vampiros, bruxas e tudo mais. Mesmo Sthephanie tendo plagiado alguma coisa, penso que L J Smith se aproveitou desse boom que Sthepanie proporcionou, lucrando com a série e a maior vendagem de seus livros..

      Excluir
  11. Eu só assisti aos filmes, mas não fiquei tão empolgada assim, não. Gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  12. Olha diarios de vampiro ñ é lá essas caisas ñ a elena pode ser forte mas a personalidade dela me chateia.fora os lobisomens que na verdade são só uns lobinhos do lado de outras historias.
    Então pra quem gosta de ver sangue e pessoas mortas va de diarios de vampiro(ñ falo de crepusculo porque sou suspeita).

    ResponderExcluir
  13. Odeio diarios de vampiro crepusculo pode ser meloso mas eu amo a saga kris e rob são otimos.

    ResponderExcluir
  14. li a saga, porém queria adquirir ela, coisa de leitor!! kkk

    ResponderExcluir
  15. Super gostei de twilight, tantos dos livros como dos filmes, não sei mas as pessoas deve ter algum problema com a Kristen, sei lá sempre a um comentário negativo sobre ela ( opinião é opinião mas.... Adoro a série The Vampire Diaries, não li os livros ainda... Não sei se TVD foi plagiado, até porque o primeiro livro foi lançado em 1991 e novos livros foram lançados dois anos depois que twilight foi lançado ou seja L. J. Smith também aproveitou o sucesso da Stephenie Meyer para lançar novos livros na qual deu origem a série televisa... ( Estou triste porque a série esta acabando, espero que tenha outra temporada)...

    Conclusão: Meyer lançou seus livros num momento em que as pessoas estavam mais toleráveis a estorias de seres sobrenaturais e Smith Lançou seus livros em 1991...eu nasci neste ano, as pessoas dos anos 90 ainda acreditava em lobisomem, mula sem cabeça é até possível que acreditasse que o Conde Drácula tinha sido real. Se for pra escolher entre uma série e outra... fico suíça nesta questão... Poque sou fã das duas.

    ResponderExcluir

Pessoal, vou respondendo os comentários no próprio blog de quem o deixou, ou pelo Twitter, podem ter certeza que vou respondendo assim que puder. Grande abraço e obrigado pela participação :D